Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Disputa eleitoral

PT-DF pede ao TSE cassação de programa partidário do PSDB

O Partido dos Trabalhadores do Distrito Federal entrou nesta segunda-feira (24/6) com representação no Tribunal Superior Eleitoral contra o PSDB. O PT-DF quer a punição do PSDB no próximo semestre com a perda do direito de transmissão do horário a que tem direito para propaganda partidária.

A alegação dos petistas é que os tucanos utilizaram o programa que foi ao ar em 10 de junho incorretamente. Segundo a representação, o PSDB usou o horário para promover pessoal e eleitoralmente o candidato à Presidência da República, senador José Serra (SP), e o candidato do PMDB ao Governo do Distrito Federal, Joaquim Roriz.

Na representação, o advogado Claudismar Zupiroli informou ao TSE que o PSDB feriu a Lei Eleitoral. Segundo ele, além de não fazer a divulgação do programa partidário, o partido promoveu e fez propaganda de candidatos a cargos eletivos de pessoa filiada a outro partido político.

Revista Consultor Jurídico, 24 de junho de 2002, 18h40

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 02/07/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.