Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Depois da greve

OAB-SP entregou pedido de carência na contagem de prazo judicial

O presidente da OAB-SP, Carlos Miguel Aidar, encaminhou solicitação para a concessão de carência de 10 dias na contagem dos prazos judiciais, a partir do fim da greve dos servidores do judiciário federal. O pedido foi entregue nesta quinta-feira (20/6) aos presidentes do TRT - 2ª Região, Francisco Antonio de Oliveira, e 15ª Região, Carlos Alberto Moreira Xavier e ao presidente do TRF-3ª Região, Márcio José de Moraes.

Com isso, o presidente da OAB-SP, Carlos Miguel Aidar, diz que

a entidade espera minimizar o impacto da greve. Ele explica que, por conta da paralisação, as Portarias dos Tribunais apenas suspenderam os prazos.

Aidar explica que se a carência for concedida, as secretarias das Varas teriam um prazo extra para criar condições materiais para atender os advogados.

Revista Consultor Jurídico, 20 de junho de 2002, 19h33

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/06/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.