Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Projeto eleitoral

Brasil Telecom vai apoiar o Projeto "Eleitor do Futuro" em MT

A empresa Brasil Telecom vai apoiar o projeto "Eleitor do Futuro". Idealizado pelo corregedor geral do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Sálvio de Figueiredo, o projeto consiste em realizar uma eleição paralela, destinada a crianças de 10 a 15 anos, no mesmo dia da eleição oficial (6/10), nos municípios de Cuiabá e Várzea Grande (MT).

O acordo foi feito entre o vice-presidente e corregedor do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, Licínio Carpinelli Stefani, e o diretor de Relações Institucionais da empresa no Estado, José Sampaio de Medeiros.

Para divulgar o projeto, a Brasil Telecom vai vender cartões telefônicos com a logomarca do "Projeto Eleitor do Futuro" e com informações sobre a eleição paralela.

O "Projeto Eleitor do Futuro" tem objetivo educativo e, conforme

Carpinelli, visa despertar nos jovens a importância do voto. O

cadastramento dos eleitores já começou. A meta é alistar pelo menos 10 mil jovens, de 15 escolas. Cerca de 2 mil jovens se alistaram.

Revista Consultor Jurídico, 31 de julho de 2002, 19h15

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/08/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.