Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Novo alvo

Coligação tenta suspender comerciais de concessionárias

A Coligação “Resolve São Paulo”, formada pelos partidos PPB, PL, PTN e PSDC, entrou com pedido de investigação judicial eleitoral contra o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, contra a Concessionária da Rodovia Presidente Dutra S/A (Nova Dutra) e contra a Concessionária do Sistema Anhangüera-Bandeirantes S/A (Auto Ban).

A coligação quer que o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo investigue a “utilização indevida dos meios de comunicação” para veiculação de comerciais. De acordo com a coligação, as concessionárias estão fazendo uma “verdadeira campanha publicitária em favor” de Alckmin.

Os advogados da coligação, Ricardo Tosto, Patrícia Rios e Eduardo Nobre, pediram que as vinhetas comerciais “não sejam veiculadas por qualquer meio de comunicação”.

De acordo com Patrícia Rios, as vinhetas têm servido de resposta para as principais críticas feitas pelo ex-prefeito Paulo Maluf ao governador do Estado sobre os temas estradas e pedágios.

Segundo os advogados, “em tempos de reeleição, impactar o público com elogios à administração em curso é fazer propaganda eleitoral do próprio administrador candidato à reeleição”.

Revista Consultor Jurídico, 31 de julho de 2002, 15h03

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/08/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.