Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cargos no alvo

Juízes do Trabalho apóiam PEC de combate ao nepotismo

A Anamatra irá apoiar a Proposta de Emenda Constitucional 334/96, de iniciativa do deputado Aldo Arantes (PCdoB/GO), que veda a nomeação de parentes de autoridades para cargos em comissão e funções de confiança nos Três Poderes.

A luta contra o nepotismo é bandeira antiga da Anamatra, que realizou recentemente uma ampla campanha em toda a Justiça do Trabalho. Durante um ano (maio de 2001 a maio de 2002) a Anamatra investigou os casos de nepotismo nos Tribunais.

Contatou-se que dos 24 Tribunais Regionais do Trabalho em apenas 7 existem parentes de juízes contratados (13 casos no Maranhão, 1 no Paraná, cinco em Campinas; 14 no Ceará; 12 em Minas Gerais, dois no Rio de Janeiro e 1 em Goiás). Todos os 48 casos irregulares foram encaminhados ao Tribunal de Contas da União.

De acordo com o presidente da Anamatra, Hugo Cavalcanti Melo Filho, o resultado desse estudo foi extremamente positivo. "Contando a Justiça do Trabalho com cerca de 50 mil servidores, foram localizados, em apenas sete Tribunais, 48 casos de nepotismo. Porém, ninguém ignora que a prática do nepotismo se generalizou em toda a administração pública, inclusive em todos os ramos do Judiciário”, finaliza Melo Filho.

Revista Consultor Jurídico, 19 de julho de 2002, 17h43

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 27/07/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.