Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Pecado capital

Pecado capital: spam erótico explora fraquezas humanas

Por 

Os spammers podem ser acusados de tudo (e normalmente merecem), menos de falta de criatividade. É uma pena que tanto esforço criativo seja usado para fins tão reprováveis. É o caso de um tipo de spam que tem circulado nas últimas semanas, e utiliza uma curiosa forma de engenharia social. A mensagem invariavelmente possui conteúdo erótico e dá a impressão de que foi enviada por engano.

Mas de engano mesmo, só a má-fé que a impulsiona. Geralmente, o texto é assinado por uma mulher, sempre muito, digamos, solícita e bem disposta. Em vez de se tentar explicar, é mais ilustrativo mostrar as mensagens. Veja dois exemplos reais (os endereços dos sites e os palavrões foram suprimidos, os erros ortográficos, preservados):

Exemplo 1:

De: Carla

Assunto: Estou magoada .

Como já haviamos trocado e-mail vc me perguntou como eu era e tudo mais... depois de eu dizer tudo sobre a minha vida ter exposto minha intimidade com meu antigo namorado (o edu)que ficou p*** da vida por eu ter enviado as fotos para o site xxxxxxxx.com.br e vc não me procura mais eu gostaria de saber mais sobre vc pois sobre mim vc sabe tudo.

Carlinha :(

Exemplo 2:

De: Cris

Assunto: Fala tarado!

Fala Roberto! Seu m***!

Tudo certo com você?

Estou te escrevendo para te contar que aquela seção de fotos minhas e de meu marido saiu no mês passado no xxxxxx. Como sei que você queria me ver pelada e transando com ele vou te passar o endereço:

http://www.xxxxxx.com.br

lá você entra em português, sexo, fotos, amadoras e cris!

Bjos bjos bjos

Cris

A gente se vê na facu!!! Depois vc me fala o q achou e passa a notícia pro pessoal da sala!!!

O usuário que recebe estes e-mails percebe que, obviamente, não são para ele. Mas isso é o que menos importa, pois a intenção dos spammers é fisgar o internauta incauto explorando dois pontos fracos do ser humano: a curiosidade e a libido. E o melhor, do ponto de vista do spammer, é que não importa o sexo do destinatário. Mesmo que seja uma mulher que receba a mensagem, ela também vai ficar curiosa para ver as tais fotos.

É claro que tudo não passa de propaganda não-solicitada de um site erótico ou pornográfico, disfarçada de mensagem pessoal apimentada e enviada por engano. Não fossem os problemas de qualquer spam (aumento do tráfego na Rede, privacidade devassada, e gasto inútil de recursos com lixo eletrônico), ainda há um fator de risco.

"Imagine se quem acessa o micro é a esposa do sujeito, ela decide olhar os e-mails e se depara com isso?", questiona o advogado curitibano Fabio Malina-Losso, que recebeu a mensagem da "Carlinha", ontem.

Dependendo do grau de ciúmes da esposa, é briga conjugal na certa. Eis aí um bom motivo para se deletar a mensagem imediatamente após recebê-la.

Atualização (16/07/2002 - 21h37) - Confirmando as previsões sobre problemas conjugais decorrentes desse tipo de spam, um leitor de InfoGuerra acaba de enviar a seguinte mensagem ao editor: "Gostaria de agradecer pela matéria sobre os spams eróticos. Minha namorada abriu meu e-mail e foi difícil convencê-la de que o e-mail da tal da Carla era um trote."

 é jornalista e responsável pelo site sobre segurança e privacidade InfoGuerra.

Revista Consultor Jurídico, 16 de julho de 2002, 17h22

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/07/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.