Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Novo alvo

Maluf processa ex-coordenador da empresa Mendes Júnior

O ex-prefeito Paulo Maluf entrou com ação de indenização por danos morais contra o ex-coordenador administrativo-financeiro da empresa Mendes Júnior Trading e Engenharia, Simeão Damasceno de Oliveira. Maluf alega que o ex-coordenador imputou-lhe crimes "extremamente graves" em depoimentos sobre a construção da Avenida Águas Espraiadas.

Maluf disse que se sentiu ofendido com os depoimentos prestados por Oliveira ao Ministério Público. As entrevistas concedidas à imprensa também desagradaram o ex-prefeito, que é representado pelo advogado Ricardo Tosto, do escritório Leite, Tosto e Barros Advogados Associados. De acordo com Maluf, as declarações feitas não estão embasadas em provas.

Na ação, o ex-prefeito alega que Oliveira enviou uma carta para ele ameaçando divulgar um "dossiê explosivo" que comprometeria administrações nas mais diversas esferas (federal, estadual e municipal). Maluf alega que, como Oliveira não obteve êxito na ameaça, resolveu acusá-lo de várias irregularidades publicamente sem provas.

Revista Consultor Jurídico, 5 de julho de 2002, 12h24

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/07/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.