Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Eleição tumultuada

Desentendimentos marcam eleição do CREA-SP

Baixa participação, falhas técnicas, falta de urnas e boletins de ocorrência policial marcaram as eleições da nova direção do CREA-SP. O pleito aconteceu nesta quarta-feira (3/7) e foi encerrado às 20 horas. O resultado deve sair na sexta-feira (5/7).

A eleição estava marcada para começar às 9h, mas o sistema eletrônico, entrou em operação às 11h30. Segundo Murilo Campos, candidato da oposição, isso provocou muitos votos em separado.

Em outros pontos de votação do Estado de São Paulo também foram registrados problemas. Na cidade de Tietê, a inspetora do CREA-SP alegou não ter sido informada pela atual diretoria sobre a eleição e, portanto, devolveu a urna lacrada e pediu abertura de boletim de ocorrência.

O atual presidente, José Eduardo de Paula Alonso, concorre à reeleição graças a uma liminar judicial, já que foi impugnado pelo Confea (Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia) sob a acusação de crime eleitoral.

Revista Consultor Jurídico, 3 de julho de 2002, 20h43

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/07/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.