Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Caso TRT-SP

Luiz Francisco critica absolvição de Luiz Estevão no caso do TRT

O procurador Luiz Francisco considerou "um escândalo" a absolvição do ex-senador Luiz Estevão no caso do desvio de verbas do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo. Na semana passada, o juiz da 1ª Vara Federal Criminal de São Paulo, Casem Mazloum, livrou Luiz Estevão das acusações que responde juntamente com o juiz aposentado Nicolau dos Santos Neto e os empresários Fábio Monteiro de Barros Filho e José Eduardo Corrêa Teixeira.

O juiz considerou que o ex-senador não cometeu crimes de estelionato, peculato, formação de quadrilha, corrupção passiva e corrupção ativa. Luiz Francisco acredita que a sentença será modificada no Tribunal Regional Federal da 3ª Região.

Somente o Ministério Público Federal já acionou Luiz Estevão por desacato a oficial de Justiça, uso de documento falso na CPI do Judiciário, evasão de divisas e manutenção de contas em Miami. O procurador informou que, em primeira instância, o ex-senador já foi condenado por desacatá-lo. Os outros processos ainda não foram julgados.

Na 12ª Vara Cível de São Paulo corre ainda processo de improbidade administrativa contra Luiz Estevão. Nesse caso, a ação está com o Ministério Público para conceder parecer.

Revista Consultor Jurídico, 1 de julho de 2002, 15h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/07/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.