Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Bancos populares

Deputado quer equiparar funcionários de lotéricas a bancários

Os trabalhadores das casas lotéricas podem ser equiparados a funcionários de bancos. É o que prevê o Projeto de Lei do deputado federal Pedro Fernandes (PFL-MA). "Na prática, essa categoria poderá se filiar aos sindicatos dos bancários e obter as conquistas trabalhistas daquela carreira", explicou Fernandes.

Atualmente, muitos dos serviços bancários são feitos pelas lotéricas, que prestam serviços como pagamentos de contas de luz, água, telefone e aberturas de contas de poupança. Os estabelecimentos já receberam o apelido de "bancos populares".

O autor da proposta, ex-bancário, afirma que a equiparação dos empregados das duas categorias vai regularizar a situação dos trabalhadores das lotéricas. Eles não possuem sindicato e nem legislação específica.

O deputado apontou um movimento do governo no sentido de direcionar a atividade dos bancos às operações no atacado e aos caixas eletrônicos. Para as pequenas transações, a sociedade terá que recorrer às lotéricas. "Então vamos qualificar os empregados desse negócio, reconhecendo sua jornada de trabalho e outros direitos", afirmou Fernandes.

Revista Consultor Jurídico, 15 de janeiro de 2002, 20h50

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 23/01/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.