Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fora do cargo

Diretor de CDP em que morreu Dutra Pinto é afastado

O diretor do Centro de Detenção Belém II, Osvaldo Martins Bueno, foi afastado. A informação é do secretário de Estado da Administração Penitenciária, Nagashi Furukawa. Bueno foi afastado no curso das investigações sobre a morte de Fernando Dutra Pinto, seqüestrador de Patrícia Abravanel e Silvio Santos.

O sequestrador morreu entre o Centro de Detenção e o hospital, na semana passada. As causa da morte ainda não foram esclarecidas.

A psicóloga Marisa da Costa Gadelha Rodrigues, com dez anos de experiência em sistema penitenciário, assume o lugar de Bueno. É a primeira vez que uma mulher comanda um estabelecimento prisional em São Paulo.

O Instituto Médico Legal deve divulgar o resultado das perícias nos próximos dias. O diretor do CDP, em entrevista à imprensa, disse acreditar que o seqüestrador teve problemas de saúde e morreu. De acordo com as informações liberadas até agora, Dutra Pinto poderia ter sido vítima de uma suposta intoxicação alimentar.

Veja a nota oficial divulgada pela Secretaria

O secretário de Estado da Administração Penitenciária, Nagashi Furukawa, comunica, através da Assessoria de Imprensa, que determinou as seguintes providências, em razão das denúncias veiculadas nos meios de comunicação nos últimos dias:

A substituição do diretor do CDP Belém II, doutor Osvaldo Martins Bueno a ser publicada no Diário Oficial de amanhã (9/1). Em seu lugar, no mesmo dia, assume a diretoria do CDP II a doutora Marisa da Costa Gadelha Rodrigues - psicóloga, com dez anos de experiência no sistema penitenciário paulista. É a primeira vez que uma mulher assume a diretoria de um CDP no Estado de São Paulo.

Em tempo: quanto aos afastamentos dos funcionários do episódio que envolveu Fernando Dutra Pinto, a análise de cada caso será feita pela nova diretora do CDP Belém II.

Outras medidas foram tomadas pelo secretário como as transferências de Esdras Dutra Pinto e Marcelo Batista dos Santos, do CDP Belém II para o Núcleo de Observação Criminológica (antigo COC), em 7/1/02, e a de Luciana dos Santos Souza (Jennifer), do Cadeião de Pinheiros para a Penitenciária Feminina da Capital, no último dia 4.

Revista Consultor Jurídico, 8 de janeiro de 2002, 14h26

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/01/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.