Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

História barrada

Justiça do Rio de Janeiro proíbe venda do livro CBF-Nike

A desembargadora Marianna Pereira Nunes, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, confirmou liminar para proibir a venda do livro CBF-Nike, editado pela Casa Amarela.

O pedido foi feito pelo presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Ricardo Teixeira.

A liminar havia sido concedida pelo juiz da 4ª Vara Cível do Rio de Janeiro, Leandro Ribeiro da Silva. A editora recorreu. Não adiantou.

De acordo com a decisão do TJ-RJ, os exemplares disponíveis para comercialização devem ser recolhidos. Além disso, não poderá ser feita nova impressão da Obra.

Mais um

O prefeito de Presidente Prudente, Agripino de Oliveira Lima, também acionou a editora.

Lima é proprietário da Unoeste, universidade privada, e resolveu acionar a editora porque a revista Caros Amigos publicou que a Unoeste tem cursos de fim de semana.

Agora, o prefeito quer ser indenizado e deu entrada processual no Fórum de Pinheiros (SP). A editora apresentou contestação em que são citadas 6 testemunhas. Duas das testemunhas são conselheiras da Câmara de Educação Superior do MEC. A Câmara investigou as atividades da Unoeste.

Revista Consultor Jurídico, 27 de fevereiro de 2002, 12h55

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 07/03/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.