Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cerco fechado

Ex-senador Luiz Estevão processa revista que o chamou de cínico

Por 

O ex-senador Luiz Estevão entrou com ação de danos morais contra a revista ‘Brasília em dia’, editada pela Editora Dom Quixote. A ação foi distribuída para a 14ª Vara Cível de Brasília. A revista ainda não foi citada. O valor da ação foi estimado em R$ 100 mil e o ex-senador quer que a revista publique a sentença.

Luiz Estevão se sentiu ofendido com diversas publicações da revista. Em uma das notas, que tem o título ‘Cinismo’, Luiz Estevão é comparado com o ex-prefeito Paulo Maluf e o ex-senador Jader Barbalho. Veja a nota citada na ação:

Cinismo

“Gente, o que têm em comum Luiz Estevão, Jader Barbalho e Paulo Maluf, além daquele defeito que nem precisa ser mencionado? É o cinismo. Diante de todas as evidências nos delitos que cometem, negam, negam, como se estivessem sendo injustiçados”.

A ação foi impetrada pelos advogados Alfredo Brandão e Rodrigo Ferreira, do escritório Alfredo Brandão & Bandeira Neto Advogados Associados, que representam Luiz Estevão.

A defesa do ex-senador alega que ele está sofrendo um “verdadeiro linchamento público pela revista que vai muito além do simples dever de informar”. De acordo com os advogados, a revista já chamou o ex-senador de cínico, arrogante e agressivo.

“As situações controversas pelas quais meu cliente vem passando, nenhuma delas efetivamente comprovadas, não autorizam o achincalhe perpetrado pela revista Brasília em dia. Nada justifica que a revista se julgue no direito de emitir opinião sobre o caráter das pessoas, procurando incutir na opinião pública um conceito desabonador", disse Ferreira.

Para Ferreira, o direito e dever de informar “não concedem uma carta branca às publicações para ofenderem aos seus desafetos, tanto de forma direta, como de maneira subliminar, em detrimento, até, da elegância do bom texto”.

Esta não é a primeira vez que o ex-senador entra com ação de danos morais contra uma publicação. Luiz Estevão deve impetrar mais ações contra empresas jornalísticas ainda este ano.

(Veja ação impetrada contra o jornal Correio Braziliense).

 é editora da revista Consultor Jurídico e colunista da revista Exame PME.

Revista Consultor Jurídico, 26 de fevereiro de 2002, 11h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/03/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.