Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Papel dispensável

Jornalistas não diplomados já têm registros nas DRTs de todo o país

Desde que o diploma para exercer a profissão de jornalismo foi dispensado por decisão da juíza Carla Rister, cerca de 400 jornalistas não diplomados já entraram com pedido de concessão de registros nas Delegacias Regionais do Trabalho de todo país. Do total, cerca de 50 jornalistas já conseguiram os registros.

A decisão da juíza causou polêmica em todo o país. As Delegacias Regionais do Trabalho do Brasil receberam orientação do Ministério do Trabalho e Emprego para cumprir a liminar. Porém, deveria haver na carteira de trabalho dos profissionais que não têm o diploma a afirmação de que o registro foi concedido a título precário.

Se o procurador André de Carvalho Ramos conseguir decisão favorável na Ação Civil Pública que move para banir a exigência do diploma, as DRT´s deverão eliminar a expressão “precário” do registro.

Revista Consultor Jurídico, 14 de fevereiro de 2002, 18h06

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/02/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.