Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sob suspeita

Bank of America processa três ex-proprietários do Banco Liberal

O Bank of America entrou com uma ação coletiva, em New York, contra Antonio Carlos Braga Lemgruber, Aldo Floris e Lauro Alberto De Luca, que residem no Brasil e são ex-proprietários do Banco Liberal. A ação foi interposta em conjunto com algumas subsidiárias do Bank of América e abrange várias Pessoas Jurídicas do Brasil e de outros países. As Pessoas Jurídicas seriam ligadas a Lemgruber.

De acordo com a ação, depois que o Bank of America assumiu controle total do Banco Liberal e da Liberal Banking Corporation, em 2001, foi descoberto que Lemgruber havia utilizado várias Pessoas Jurídicas, além de registros contábeis inapropriados, para acumular cerca de US$ 38 milhões em retiradas sem fundos e empréstimos ilegais. A ação alega também que Lemgruber tentou ocultar as supostas transações fraudulentas.

Os ex-proprietários do Banco Liberal e suas afiliadas teriam fraudado o Bank of America, levando-o a pagar, pelas ações do Banco Liberal e da Liberal Banking Corporation, mais do que elas valiam totalizando cerca de US$ 139 milhões.

O Bank of America afirma que os recursos de seus clientes individuais e corporativos no Brasil e em todo o mundo não sofreram qualquer impacto como conseqüência das alegadas atividades dos ex-sócios.

Revista Consultor Jurídico, 11 de fevereiro de 2002, 14h31

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/02/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.