Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Volta pra casa

MJ deve ser informado sobre extradição de assistente de cantora

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Carlos Velloso, aceitou o pedido de Maria Raquenel Portillo Jiménez, assistente da cantora mexicana Glória Trevi. Ela pede que o Ministério da Justiça seja informado do trânsito em julgado da decisão que aceitou sua Extradição.

Com isso, ela pretende que sejam tomadas as providências previstas no artigo 86 da lei 6.815/80. Segundo o artigo: "Concedida a extradição, será o fato comunicado através do Ministério das Relações Exteriores à Missão Diplomática do Estado requerente que, no prazo de sessenta dias da comunicação, deverá retirar o extraditando do território nacional".

Maria Raquenel manifestou também sua desistência de todos os pedidos, recursos e eventuais medidas requeridas junto ao STF. Carlos Velloso determinou urgência na oficialização do deferimento ao Ministério da Justiça e salientou que decidirá, em breve, sobre o pedido de Raquenel para ser transferida da penitenciária da Papuda, onde está presa, para uma clínica psiquiátrica.

EXT 784

Revista Consultor Jurídico, 18 de dezembro de 2002, 18h33

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/12/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.