Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Descaso punido

Estado de São Paulo deve indenizar menino baleado em escola

A juíza Cristiane Vieira Ribeiro, do Fórum Distrital de Arujá, condenou o Estado de São Paulo a indenizar em 200 salários mínimos a mãe do menor Alex Sandro Honorato de Almeida. Ele levou tiro de um desconhecido na Escola Estadual Jardim Pinheiro.

De acordo com o advogado da vítima, Ademar Gomes, o crime ocorreu por culpa do Estado, por não haver policiamento na escola. Segundo a mãe do garoto, o Estado foi omisso e não deu a segurança necessária ao seu corpo docente.

Para Gomes, a Secretaria da Segurança Pública também foi omissa, por não possuir contingente suficiente para dar segurança à população, formada principalmente por estudantes e menores.

Além dos 200 salários mínimos, o Estado foi condenado a pagar custas e honorários advocatícios de 15% sobre o valor da causa. Ademar Gomes irá recorrer pedindo uma indenização de 1.500 salários mínimos.

Revista Consultor Jurídico, 16 de dezembro de 2002, 19h09

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/12/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.