Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Intolerância racial

Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP acusa site de racismo

O coordenador da Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP, João José Sady, alertou o secretário adjunto de Segurança Pública do Estado, Marcelo Martins de Oliveira, sobre a existência de um site que faz apologia ao racismo. A home page, criada por um grupo que se auto-intitula de "Poder Branco Paulista" faz menção a práticas nazistas, racistas e pede o extermínio da população negra, judaica e qualquer outra raça que não seja a "ariana".

No site, o internauta aprende a agir com seu "ódio interior" contra as "raças inimigas". O grupo, além de trazer ensinamentos de como atacar a vítima violentamente, sem compaixão ou remorso, prega a atuação dos skinheads com a afirmação: "não basta lutarmos apenas com nossas idéias, devemos lutar também com nossos punhos...".

Para Sady, a existência de tal grupo é inadmissível. Ele disse que a Secretaria de Segurança Pública precisa agir imediatamente para desenvolver estratégias que bloqueiem tais ações. "O Brasil sempre foi conhecido como um país multirracial e hospitaleiro. Não podemos tolerar que uma minoria desumana resgate o terror enfrentado pelos judeus na época do holocausto e pelos negros durante a escravidão", lamenta.

Revista Consultor Jurídico, 11 de dezembro de 2002, 18h02

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/12/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.