Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mais dois

MP denuncia mais dois seqüestradores de Washington Olivetto

O promotor Marco Antonio Ferreira Lima, do Ministério Público de São Paulo, denunciou criminalmente, nesta terça-feira (10/12), mais dois seqüestradores do publicitário Washington Olivetto. Os dois, até a semana passada desconhecidos nas investigações, tiveram as suas fotos reconhecidas por um vigia. Nesta quarta-feira (11/10) faz um ano que Olivetto foi seqüestrado.

Também nesta terça-feira a Justiça expediu um mandado internacional de prisão, encaminhado à Interpol de todo o Planeta (Polícia Internacional), contra os dois. São eles os chilenos Christian Adolfo San Martin e Luis Antonio Moreno Correa, segundo o MP membros ativos do MIR, Movimento de Esquerda Revolucionária do Chile.

Na semana passada, um vigia os reconheceu em fotos remetidas pela Interpol do Chile. O vigia trabalhava na rua em que foi encontrado um automóvel Saveiro, na zona sul de São Paulo, abandonado pelos dois chilenos. Dentro da Saveiro foram encontradas as armas usadas para seqüestrar Olivetto mais os coletes falsos, da Policia Federal, empregados pelos seqüestradores para barrar o empresário e seu motorista numa falsa blitze, em Higienópolis, região central de São Paulo.

Marco Antonio Ferreira Lima já havia denunciado seis chilenos sob acusação de participarem do seqüestro de Olivetto -comandados por Mauricio Norambuena, o braço armado off shore do MIR.

Revista Consultor Jurídico, 10 de dezembro de 2002, 19h20

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/12/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.