Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sistema Olimpo

Cientista brasileiro lança livro sobre Conselho de Segurança da ONU

Está sendo lançado no Brasil o livro "Sistema Olimpo: Tecnologia da Informação Jurídica para o Conselho de Segurança da ONU", de autoria do pesquisador Hugo Cesar Hoeschl, Doutor em Inteligência Aplicada.

É o quinto livro do autor, que já lançou quatro "ebooks", sendo este a sua primeira obra em "papel" e em "bits" ao mesmo tempo. A edição fica a cargo da Papel Virtual, que fez um ótimo trabalho de editoria, e comercializa o texto pela Internet.

O autor apresentou oito trabalhos em eventos internacionais nos últimos cinco anos, todos ligados, de alguma forma, às tecnologias utilizadas no Sistema Olimpo, e acaba de retornar de Sevilha, na Espanha, onde o Sistema também foi apresentando em um congresso internacional de inteligência artificial. Também já publicou mais de trinta artigos e textos no Brasil e no exterior, incluindo China, Eua, Índia, Espanha, Noruega e Alemanha, e produziu e participou da produção de mais de 20 softwares, seis dos quais patenteados (registrados) junto ao INPI.

A publicação vem em um bom momento. Por um lado, o Conselho de Segurança nunca despertou tanto interesse da opinião pública internacional, e este fato pode somar preciosos pontos a favor do Brasil no cenário internacional, na medida em que o país se apresenta como detentor de alta tecnologia para ser aplicada em um objetivo extremamente estratégico: a manutenção da paz mundial. Vale lembrar, a função central do Conselho de Segurança é exercer "a principal responsabilidade na manutenção da paz e da segurança internacionais", de acordo com a Carta da ONU.

Por outro lado, o Ijuris - Instituto Jurídico de Inteligência e Sistemas, ao qual o pesquisador é ligado, acaba de ser escolhido como "Centro de Referência em Tecnologias de Gestão" pelo Ministério de Ciência e Tecnologia (através da Finep), junto com outras cinco instituições brasileiras, o que reforça o caráter inovador e consistente do trabalho desenvolvido pelo grupo que criou e desenvolve o Sistema Olimpo. Participam do desenvolvimento do software os pesquisadores Tania Cristina Bueno, Msc, Ricardo Miranda Barcia, PhD, Andre Bortolon, Msc, Paulo de Tarso Mendes Luna, Msc, Eduardo da Silva Mattos, Msc, Marcelo S. Ribeiro, Esp, Fabiano Barbon e Cristina Souza Santos, alem de outros integrantes do instituto.

Além disso, os pesquisadores do Ijuris, junto com a UFSC, também participaram fortemente dos estudos que resultaram no desenvolvimento do Portal OBID - Observatório Brasileiro de Informações sobre Drogas, que acaba de receber o prêmio "Excelência em Governo Eletrônico", com menção de honra por relevância social.

Quanto ao texto, aborda aspectos tecnológicos e políticos deste importante colegiado das Nações Unidas, apresentando a dinâmica de construção do Sistema Olimpo, com o estudo das resoluções e de sua forma de deliberação, terminando por aplicar aos documentos a revolucionária tecnologia da Pesquisa Contextual Estruturada (totalmente desenvolvida no Brasil), a qual permite que sejam feitas buscas textuais a partir de até 2.300 palavras como uma questão de entrada (ou 15.000 caracteres, ou 270 linhas de texto). O livro também analisa a estrutura retórica dos documentos, detectando padrões deliberativos no comportamento do Conselho.

Segundo o autor, o acesso irrestrito às informações sobre os procedimentos e decisões do Conselho de Segurança da ONU é um poderoso instrumento a favor do equilíbrio geopolítico mundial. Este acesso fica ainda mais fácil quando levado a efeito por mecanismos de alta tecnologia, e, o que é melhor, integralmente desenvolvidos no Brasil. O próximo passo é levar o sistema para ser utilizado na ONU.

Aproveitando a publicação do livro, o grupo também está lançando a versão 2002 do Sistema. O lançamento conjunto ocorrerá na próxima sexta, no centro tecnológico da UFSC, em Florianópolis, com a conferência "Soberania e Tecnologia", a ser proferida pelo autor, que também é desenvolvedor licenciado da UNDL Foundation (Genebra) e integrante da Associação Internacional de Inteligência Artificial e Direito.

Na seqüência, será realizado um debate pelos pesquisadores do núcleo de E-Governo daquela universidade, com o tema "O Governo Eletrônico está ampliando a cidadania ?".

O livro já está disponível on line, e os leitores podem escolher entre uma versão digital ou impressa, no seguinte endereço.

Maiores informações:

Sobre o Sistema Olimpo e o grupo de pesquisa:

http://www.ijuris.org

http://www.webis.com.br

http://www.digesto.net

Sobre o autor:

http://www.webis.com.br

http://myprofile.coms.com/digesto

digesto@digesto.net

Revista Consultor Jurídico, 5 de dezembro de 2002, 5h20

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/12/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.