Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Zero erro

Serviço envia um milhão de mensagens judiciais no RS com 'zero erro'

O serviço de distribuição de notas de expediente por meio da Internet, que facilita a atividade profissional de mais de 20 mil advogados gaúchos, atingiu a marca de um milhão de mensagens enviadas somente no mês de julho. Mais impressionante do que o volume é a eficiência do serviço que, segundo a Procergs (Companhia de Processamento de Dados do Rio Grande do Sul), ostentou "zero erro" no mês passado.

A distribuição eletrônica envolve notas de expedientes da Justiça Comum (1º e 2º graus), Justiça do Trabalho (1º e 2 º graus), Justiça Federal (1ª instância), Tribunal Regional Federal (4ª Região), Superior Tribunal de Justiça e Supremo Tribunal Federal. O serviço é o único no país com a característica de só enviar notas digitalizadas e exclusivamente pela Internet.

O sucesso do serviço está sendo comemorado pela OAB-RS e pela Procergs, que idealizaram e lançaram a ferramenta em fevereiro de 2000. Em junho daquele ano, as notas de expediente eram distribuídas a 9.863 advogados. Atualmente, o serviço conta com a adesão de 20.177 profissionais (o número eleva-se para cerca de 25 mil, incluindo-se empresas). Os clientes, com sede em qualquer lugar do mundo (há um que mora em Coimbra, Portugal, por exemplo), têm processos originários na região Sul.

Há cerca de um ano, outra facilidade foi agregada ao serviço, possibilitando que os advogados, além da recepção por e-mail, recebam também as mensagens no telefone celular.

"Os dois grandes desafios da Procergs são fazer com que o serviço esteja à disposição dos advogados no menor tempo possível e a manutenção do atual estágio de segurança alcançado de zero erro", diz o analista de negócios da Procergs Mario Przyczynski, que cuida do serviço. Segundo ele, os clientes economizam tempo e dinheiro com o serviço, pois não precisam comprar os diários oficiais, nem ficar procurando os assuntos do seu interesse em um emaranhado de notas de expediente. "Já de madrugada, e durante o dia, o advogado recebe em sua caixa postal as notas relacionadas aos seus processos", diz o analista.

Revista Consultor Jurídico, 13 de agosto de 2002, 8h49

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/08/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.