Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Papéis invertidos

ONG apresenta projeto de segurança para moradores do Morumbi

A Sociedade dos Moradores do Morumbi (SMM), entidade que representa 600 residências, resolveu assumir o papel do Estado para melhorar a Segurança Pública no local. Para isso, já marcou uma reunião para apresentação do "Projeto de Segurança do Morumbi", no dia 29 de abril, no Colégio Visconde de Porto Seguro, Unidade 1, na rua Clementino Brenne, portão principal.

De acordo com o presidente da SMM, Carlos Magno Gibrail, a iniciativa está sendo estudada há seis meses. "Se usarmos preventivamente técnicas e equipamentos adequados poderemos efetivar um sistema de segurança eficiente", disse. De acordo com Gibrail, o plano poderá dar mais tranquilidade ao bairro.

Inicialmente, será proposto o monitoramento nas saídas e chegadas de todos os moradores por veículos e pessoal especializados. Também poderão ser instalados equipamentos eletrônicos de segurança, como câmeras de vídeo e cercas elétricas no bairro. O presidente da Ong está confiante que obterá apoio dos moradores.

Revista Consultor Jurídico, 26 de abril de 2002, 15h47

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/05/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.