Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nepotismo em MG

Anamatra divulga lista de nepotismo no TRT de Minas


A Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) encaminhou ao Tribunal de Contas da União a relação dos casos de nepotismo do Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais. Segundo a entidade, são 12 nomeações irregulares.

O combate ao nepotismo é bandeira antiga da Anamatra. A atual diretoria da entidade quer acabar com o problema. Desde maio de 2001, está investigando os casos de nepotismo, em todos os TRTs.

A Anamatra já divulgou 13 casos existentes no Maranhão, um no Paraná, cinco em Campinas e 14 casos no Ceará. Os próximos serão do Rio de Janeiro e Goiás.

O resultado do levantamento feito pela Anamatra é considerado positivo pelos dirigentes da entidade.

Em outros 15 TRTs nenhum caso foi encontrado. Faltam os dados de São Paulo. "Ninguém ignora que a prática do nepotismo se generalizou na administração pública, inclusive em todos os ramos do Judiciário", disse o presidente da Anamatra, Hugo Melo.

Veja a lista dos casos de nepotismo

TRT da 3ª Região:

1) Andréia Caldeira dos Reis, filha do juiz José Maria Caldeira

2) Adriana Miglioli, sobrinha, do juiz José Maria Caldeira

3) Daniele Miglioli Tambasco, sobrinha do juiz José Maria Caldeira

4) Marcelo Garnica dos Reis, genro do juiz José Maria Caldeira;

5) Adriana Maria Vaz Marques Guimarães, nora do juiz Dárcio Guimarães de Andrade

6) Marcelo Vasconcelos Guimarães, filho do juiz Dárcio Guimarães de Andrade;

7) Marcelo Fonseca Hamzi, genro do juiz Tarcísio Alberto Giboski;

8) Maria Concebida da Fonseca, nora do juiz Álfio Amaury dos Santos;

9) Carlos Fernando de Amuedo Avelar, filho do juiz Luiz Carlos Avelar

10) Luciano Amuedo Avelar, filho do juiz Luiz Carlos Avelar;

11) Solange Haddad Melin Aburjeli, mulher do juiz Michel Melin

Abujerli;

12) Sérgio Marcus de Andrade Savassi, filho do juiz Danilo Savassi.

Revista Consultor Jurídico, 17 de abril de 2002.


Revista Consultor Jurídico, 17 de abril de 2002, 17h20

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/04/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.