Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Golpe na Venezuela

Militares derrubam Hugo Chavez na Venezuela

O presidente da Venezuela, Hugo Chavez, foi deposto pelo comando militar de seu país. O Congresso foi fechado e a Suprema Corte dissolvida. O anúncio foi feito pelo general Lucas Rincón, principal chefe militar venezuelano. O empresário Pedro Carmona assumiu interinamente a Presidência, pelo prazo previsto de 1 ano. Chavez foi preso.

A "renúncia" aconteceu horas depois de incidentes entre manifestantes partidários e opositores civis de Hugo Chávez. Houve 11 mortes e mais de 95 pessoas ficaram feridas, de acordo com os números oficiais.

Chavez havia manifestado a sua intenção de permanecer no poder. Chegou a assegurar que tinha o controle da situação e o respaldo militar.

Veja o texto lido pelo general Rincón

"Os membros do Alto Comando Militar deploram os lamentáveis eventos ocorridos na capital no dia de ontem. Ante tais fatos, foi solicitada ao senhor presidente da República a renúncia de seu cargo, que foi aceita.

Nós, membros do Alto Comando Militar, pomos a partir deste momento nossos cargos à disposição, e os entregaremos aos oficiais que forem designados pelas novas autoridades.

Finalmente, quero pedir ao glorioso povo da Venezuela que mantenha a calma e exerça um civismo exemplar, rejeitando toda incitação à violência e à desordem, e que tenha fé em sua Força Armada".

Revista Consultor Jurídico, 12 de abril de 2002, 9h48

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/04/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.