Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ato de protesto

Entidades promovem seminário sobre flexibilização da CLT

A Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) e o Sindicado dos Trabalhadores do Poder Judiciário e do Ministério Público da União (Sindjus/DF) promovem nesta terça e quarta-feira (2 e 3 de abril), em Brasília, o seminário Flexibilização da CLT e o Papel da Justiça do Trabalho. O projeto que altera a Consolidação das Leis do Trabalho (PLC 134/01) volta a debate no Senado nesta terça-feira.

Segundo o presidente da Anamatra, Hugo Melo Filho, o governo ainda não retirou a urgência constitucional do projeto. Ele disse que o seminário foi organizado para dar continuidade à mobilização contrária à alteração da CLT.

Durante o evento também serão discutidos o atual modelo de soluções de litígios trabalhistas e a ampliação da competência da Justiça do Trabalho.

O ex-ministro Arnaldo Sussekind, jurista considerado o "pai da CLT", o sociólogo Luiz Weneck Vianna, o jurista Ney Prado, da Academia Nacional de Direito do Trabalho, o procurador do trabalho, Cristiano Paixão e o presidente da Associação Brasileira dos Advogados Trabalhistas, Luis Carlos Moro serão os palestrantes.

Veja a programação completa do seminário

Dia 2 de abril

14h30 - A flexibilização da CLT

Debatedores: Arnaldo Sussekind e Luiz Werneck Vianna

Dia 3 de abril

9h - O atual modelo de solução de litígios trabalhistas

Debatedores: Cristiano Paixão e Luis Carlos Moro

14h30 - Ampliação da competência da Justiça do Trabalho

Debatedores: Estêvão Mallet e Ney Prado.

Revista Consultor Jurídico, 1 de abril de 2002, 21h22

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/04/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.