Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Bola na rede

Torcedor que não conseguiu assistir jogo do Fla ganha indenização

Inconformado por não ter conseguido assistir o jogo entre o Flamengo e o Gama, mesmo depois de receber o valor do ingresso de volta, um funcionário público recorreu à Justiça para ser indenizado. Ganhou em primeira instância.

O juiz Marcello Castellano Júnior, do 7º Juizado Especial Cível do Distrito Federal, condenou a Federação Metropolitana de Futebol a pagar indenização R$ 750 para o funcionário.

Ele chegou ao jogo do Campeonato Brasileiro, no Estádio Mané Garrincha, meia hora antes do início. Encontrou uma fila enorme apesar dos portões estarem abertos. Escutou o juiz apitar no início do jogo, mas não conseguiu entrar.

O funcionário havia comprado o ingresso por R$ 25, em 1999. Como não assistiu ao jogo, recorreu ao Procon e teve o dinheiro de volta. Mesmo assim, resolveu levar o caso à Justiça. Alegou desrespeito ao seu direito de consumidor porque foi "impossibilitado de assistir uma partida de um dos maiores times brasileiros".

Revista Consultor Jurídico, 26 de setembro de 2001, 16h28

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/10/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.