Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Repúdio à violência

OAB-SP quer inquérito para apurar denúncias de violência na Febem

A Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de São Paulo, deve pedir a instauração de inquérito para apurar denúncias de violência na unidade da Febem da rodovia Raposo Tavares.

Integrantes da Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP estarão presentes na manifestação que acontece, nesta terça-feira (25/9) às 14 horas, em frente ao Juizado da Infância e Juventude, no Brás. Eles vão acompanhar familiares de internados na Febem. A manifestação é contra supostos maus-tratos que os internos estariam sofrendo. A Comissão da OAB-SP será recebida pelos promotores da Infância e Juventude.

O advogado Ariel Castro Alves, da Comissão esteve na unidade para conversar com os pais e apurar a veracidade das denúncias de espancamento. "O problema mais grave diz respeito às fraturas", disse.

Revista Consultor Jurídico, 25 de setembro de 2001, 14h06

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/10/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.