Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Quebra de patente

Intel é processada por quebra de patente nos EUA e Taiwan

A VIA Technologies, fabricante de chipsets lógicos, microprocessadores e chips multimídia e comunicação, está processando a Intel Corporation em cortes dos Estados Unidos e Taiwan por quebra de patente. A empresa quer reparação judicial por perdas e danos ocorridos.

A fabricante iniciou ações litigiosas contra a Intel por violação de leis de feiras da República da China e pela destruição intencional de propriedades por representantes e empregados da Intel.

"Os processadores Intel e Intel Pentium 4, compatível com o chipset 845 infringem patentes da VIA," comentou Richard Brown, diretor de marketing da empresa. Segundo o diretor, a Intel não obteve uma licença da VIA para o microprocessador Pentium 4 ou para o chipset 845. "Os processos se destinam a impedir as violações de patentes da VIA por esses produtos", disse.

A empresa também entrou com uma queixa na Comissão do Taiwan Fair Trade contra a prática de concorrência desleal empregada pela Intel, na tentativa de impedir a introdução do seu processador compatível com o chipsets Intel Pentium 4 no mercado.

Revista Consultor Jurídico, 11 de setembro de 2001, 16h58

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/09/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.