Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nobreza na delegacia

Tetraneto de Dom Pedro II é indiciado por furto no RJ

Por 

O tetraneto de Dom Pedro II, príncipe herdeiro Pedro Tiago de Orleans e Bragança, foi indiciado por furto na 105ª Delegacia Policial, em Petrópolis (RJ). O indiciamento foi feito baseado no próprio depoimento do príncipe em que admite ter vendido 47 peças do aparelho de jantar da família real.

Segundo o delegado, o tetraneto de Dom Pedro II, se for condenado, deverá cumprir pena de um a quatro anos de prisão.

A denúncia de furto foi feita pela sua tia Cristina de Orleans e Bragança por meio de seu advogado Alexandre Lopes. O príncipe disse acreditar que as peças eram de seu pai.

Os planos de Pedro Tiago em ingressar na Polícia Civil podem ir por água abaixo. Um dos requisitos básicos é não ter antecedentes criminais. Ele concorre a uma vaga de inspetor.

 é editor da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro

Revista Consultor Jurídico, 31 de outubro de 2001, 17h37

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/11/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.