Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Briga de cachorros

Roittweiller atacou poodle e dono deve pagar danos

O juiz do 1º Juizado Especial Criminal de Brasília, Ben-Hur Viza, resolveu mais um caso envolvendo cães e seus donos. Desta vez, a história narrada entre as partes envolve um roittweiller e um poodle. O acordo foi feito. Este mês, o juiz conseguiu que os donos de um pinscher e um pit bull também fizessem acordo.

A dona do roittweiller deve pagar R$ 60 para o dono do poodle por causa de um ataque. O roittweiller estava preso a uma coleira do tipo enforcadeira, sem focinheira. Durante um passeio, o roittweiller se soltou e atacou o poodle, que teve a barriga rasgada e uma lesão nas costas, mas sobreviveu.

O caso foi parar na Delegacia de Repressão a Pequenas Infrações - DRPI, que funciona dentro da Central Criminal. No dia seguinte, as partes estavam discutindo o fato diante do juiz.

Além da indenização, o roittweiller deve andar com focinheira para evitar riscos a integridade física da coletividade.

No início do mês, o mesmo juiz conseguiu o acordo entre outros donos de cães. Um pinscher ficou proibido de fazer xixi no portão do dono de um pit bul. E o pit bull deviria ficar afastado do quiosque de um comerciante. Se o dono precisasse passar por perto com o cão, deveria manter uma distância de 10 metros, segundo o acordo.

Revista Consultor Jurídico, 16 de outubro de 2001, 16h38

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/10/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.