Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

De volta à prisão

Oviedo volta para a prisão, decide STF.

O Supremo Tribunal Federal cassou a liminar que garantia a prisão domiciliar do ex-general das Forças Armadas do Paraguai, Lino César Oviedo. A prisão domiciliar havia sido concedida no dia 4 de julho deste ano. O ex-general deve voltar para a prisão de acordo com os ministros.

Oviedo foi condenado em seu país a dez anos de cárcere por tentativa de golpe de Estado em abril de 1996. Também é acusado de ser o suposto autor intelectual do assassinato do vice-presidente paraguaio José María Argaña, ocorrido em março de 1999.

Revista Consultor Jurídico, 28 de novembro de 2001, 17h09

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/12/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.