Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Pro bono

Entidades criam advocacia pro bono para defesa da mulher

As mulheres vítimas de violência terão uma rede de advocacia Pro Bono coordenada por várias entidades como o Centro de Estudos das Sociedades dos Advogados (CESA), o Instituto Pro Bono, o Comitê Latino Americano de Defesa da Mulher e escritórios de advocacia. A iniciativa foi aprovada durante o seminário Advocacia Pro Bono em 'Defesa da Mulher Vítima de Violência', nos dias 8 e 9 de novembro, em São Paulo.

O objetivo da rede pro bono é prestação de serviços jurídicos gratuitos para ONGs que tem como causa a garantia dos Direitos da Mulher Vítima de Violência.

Durante o encontro, várias outras sugestões foram colocadas em discussão. Entre elas, a criação de um canal de comunicação direto entre instituições que atendem mulheres em situação de violência e escritórios de advocacia, encaminhamento de casos para atendimento jurídico e instauração de um Juizado Especial Criminal para casos de violência contra a mulher.

Revista Consultor Jurídico, 23 de novembro de 2001, 10h13

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/12/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.