Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Primeira vitória

Justiça interrompe processo de concordata da Boi Gordo

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso mandou interromper, nesta quarta-feira (7/11), o processo de concordata do grupo Fazendas Reunidas Boi Gordo, em Comodoro (interior do Estado), até que o juiz julgue a Exceção de Incompetência.

A informação foi confirmada pelo desembargador Mariano Travassos à revista Consultor Jurídico. A decisão foi proferida no Mandado de Segurança 2.608 (e não no MS 2.707, conforme foi divulgado, anteriormente, pela Revista Consultor Jurídico).

O Mandado de Segurança foi impetrado pelo advogado Rodrigo Alberto Correia da Silva, que representa um dos credores.

Relator do pedido feito por um grupo de vítimas da Boi Gordo, Travassos concedeu a liminar e irá agora pedir informações ao juiz de Comodoro e à empresa.

Veja a reação da Boi Gordo e despacho do TJ-MT

Revista Consultor Jurídico, 7 de novembro de 2001, 13h25

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/11/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.