Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Busca e apreensão

Ministério Público vasculha escritórios de advocacia

Por decisão da justiça do Rio Grande do Sul, dois escritórios foram alvo de devassa nesta terça-feira (14/3), simultaneamente: um em Porto Alegre, outro em São Paulo.

Os escritórios atuam na área de execução de bens, reavendo veículos para fornecedores e bancos, cujas prestações estejam em atraso. O esquema investigado envolveria a participação de oficiais de justiça que participariam das operações recebendo comissão.

Estima-se que cerca de onze mil automóveis e motocicletas sejam retomados, por ano, por esses escritórios.

Apesar de a busca e apreensão determinadas pela Justiça terem ocorrido em dois Estados, o esquema investigado se estenderia por todo o país.

Para preservar as investigações, a maior parte das informações está sendo mantida em sigilo. Sabe-se, contudo, que os representantes do Ministério Público gaúcho deixaram São Paulo com um grande volume de supostas provas contra os investigados.

Revista Consultor Jurídico, 14 de março de 2001.

Revista Consultor Jurídico, 14 de março de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/03/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.