Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Economizando energia

STJ reduz expediente em duas horas para economizar energia

A partir da próxima sexta-feira (1/6), o horário de funcionamento do Superior Tribunal de Justiça será de 12h às 18h para atendimento ao público externo. A medida representa um corte de duas horas diárias no funcionamento do Tribunal. O expediente atualmente é de 11h às 19h. A redução do horário de funcionamento, anunciada pelo presidente do STJ, ministro Paulo Costa Leite, faz parte das medidas adotadas em comum acordo com o Supremo Tribunal Federal, destinadas a reduzir o consumo de energia elétrica.

"Estamos adotando essas medidas em função da extrema gravidade da crise de energia elétrica, pois toda a sociedade brasileira está consciente da necessidade de um esforço para economizar esse insumo", disse o presidente do STJ, ao reunir os dirigentes dos diversos setores do Tribunal para lhes informar sobre as decisões.

Além dessa medida, o ministro também já havia determinado a redução no horário de funcionamento do sistema de ar condicionado, suspensão da operação de alguns elevadores e troca de lâmpadas incandescentes por fluorescentes de menor potência, entre outras.

Para o ministro Paulo Costa Leite, as medidas de economia representam uma contribuição do Tribunal para o enfrentamento da crise de energia, cujo exemplo deve ser acompanhado pelos Tribunais Regionais Federais (TRFs). Haverá exceções no funcionamento do STJ, quando casos excepcionais devidamente justificados e imprescindíveis à manutenção dos seus serviços assim indicar. "Estamos fazendo nossa parte, mas não se pode sacrificar o usuário", disse o presidente do STJ.

Revista Consultor Jurídico, 29 de maio de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/06/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.