Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Crise energética

STJ adota novas medidas para economizar energia elétrica

O Superior Tribunal de Justiça adotou novas medidas para economizar energia e contribuir com o Plano de Racionamento do governo. A determinação foi feita pelo ministro Paulo Costa Leite. A partir desta quarta-feira (23/5), o sistema de ar condicionado passa a funcionar das 12 h às 17h55. A medida permitirá uma economia de 50% no sistema, que anteriormente funcionava de 8h às 20h, isso sem contar que a intensidade do ar condicionado também foi reduzida.

Para garantir a eficiência da medida, os servidores do Tribunal estão sendo orientados a abrir as janelas enquanto o ar estiver desligado e fechá-las quando tem início seu funcionamento. As seções que quiserem dispensar o ar condicionado e manter ventilação natural durante todo o expediente poderão fazê-lo após comunicação ao setor responsável pelo sistema de refrigeração do STJ.

A Secretaria de Informática do STJ também passou a ativar recursos de economia de energia das estações de trabalho da rede. A proteção de tela dos computadores foi configurada apagar o monitor, sem desligar, após 30 minutos de inatividade do teclado e do mouse. Os servidores estão sendo orientados a desligar seus computadores na saída para o almoço e ao deixarem suas seções para trabalho em outros locais, como as turmas de julgamento.

Desde a semana passada, as luzes de áreas de circulação do tribunal foram reduzidas ao mínimo necessário, alguns elevadores foram desligados e a iluminação da fachada do prédio também foi diminuída. Apenas 5% das lâmpadas utilizadas necessitaram ser substituídas por fluorescentes, o que já foi providenciado. Áreas menos populosas do tribunal estão sendo apenas ventiladas.

O Superior Tribunal de Justiça possui 7 geradores a óleo diesel, o que permitirá seu funcionamento normal em caso de corte de energia. Os geradores só não permitirão o funcionamento do sistema de ar condicionado.

Revista Consultor Jurídico, 23 de maio de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 31/05/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.