Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Coluna do Rio

STJ concede indenização para vítima de atropelamento de trem

Por 

O ministro do STJ, Aldir Passarinho Júnior, considerou incomum a

justificativa da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro para negar indenização a uma vítima de atropelamento de trem da Flumitrens. O texto dizia que é impossível ser atropelado por um trem porque ele é "muito barulhento, grande e ainda por cima, lento".

Passarinho Júnior votou pela condenação da companhia e deu ganho de causa à vítima que perdeu as duas pernas no acidente, ocorrido em Magé (norte fluminense), em 1996.

Quebradeira

Durante o mês de abril faliram 55 empresas ".com" no mundo todo. São 11 a mais que no mês de março. O crescimento da quebradeira preocupa o mercado. Em março, foram negociadas 143 delas

por US$ 5 bilhões e em abril somente 115, por US$ 2.2 bilhões de

dólares.

Repercussão negativa

A repercussão do escândalo envolvendo os senadores ACM e José Roberto Arruda pode causar danos à imagem do Brasil no exterior, caso não resulte em punições. Essa é a opinião do cientista político Cristian Anglade, professor da Universidade de Essex, na Inglaterra.

Corte de gastos

Está no Diário Oficial do Município: as repartições públicas terão que desligar o ar-condicionado às 17h30 para economizar energia. Até às 18 h - horário que se encerra o expediente - nem o ventilador pode ficar ligado.

Preços mais caros

Pesquisa da Fecomércio revela que, nos últimos 12 meses, as cestas básicas ficaram mais caras para todas as faixas de renda.

As famílias com renda entre 10 e 15 salários mínimos amargaram a maior alta - 6,42%. Já as que ganham até dois mínimos tiveram um aumento de 4.52%.

 é editor da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro

Revista Consultor Jurídico, 11 de maio de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/05/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.