Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fim da greve

Judiciário da Bahia termina a greve depois de 52 dias

Depois de 52 dias com as atividades paralisadas, chegou ao fim a greve dos sete mil serventuários da Justiça da Bahia. A volta ao trabalho acontece depois que o acordo salarial foi divulgado oficialmente no Diário Oficial do Judiciário. Os dirigentes do movimento analisaram positivamente o resultado do acordo, fechado no último encontro, realizado na semana passada, entre o Sindicato do Poder Judiciário e a Mesa Diretora do Tribunal de Justiça do Estado.

Pelo acordo, ficou acertado o pagamento da folha do mês de abril, sem desconto dos dias parados; e a transformação da gratificação de eficiência em vantagem de pessoal, no valor único de R$ 230, para todos os servidores do Tribunal da Justiça ativos e aos que venham a ser nomeados a partir da vigência da lei, estabelecendo paralelamente o turnão, e incidindo esta vantagem sobre o 13º salário, férias e abono de férias.

Para os servidores aposentados será concedido o valor de R$ 230, a título de abono e o incentivo continuará sendo pago aos ativos nos moldes atuais. Todas estas vantagens estarão em vigência até dezembro deste ano, sendo que em janeiro de 2002 passa a vigorar a tabela salarial única proposta pelo sindicato para ativos, e a incorporação do abono para aposentados, desaparecendo desta forma as gratificações de incentivo, vantagem pessoal, adicional de função e outros benefícios.

Fonte: Globo On Line

Revista Consultor Jurídico, 2 de maio de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 10/05/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.