Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Jornalistas e MP

MP e jornalistas debatem conflitos e ética em suas relações

Jornalistas e integrantes do Ministério Público devem se reunir para debater características e conflitos existentes em suas relações, na próxima sexta-feira (29/6), às 8 h, no auditório da Procuradoria Geral de Justiça de Cuiabá (MT). O encontro "MP e Imprensa: comunicação, ética e controle social", é promovido pela Fundação Escola Superior do Ministério Público/MT e Sindicato dos Jornalistas. A primeira palestra será feita pelo jornalista Xico Sá, que abordará o tema: "Ministério Público e jornalistas: sem mordaça, com ética e responsabilidade". Xico Sá é ex-repórter da revista Veja e dos jornais O Estado de São Paulo e Folha de S. Paulo. Atualmente, é colunista do Diário Popular. O jornalista também é editor do site carapuceiro.com.br e produz textos para a TV Globo. Na sua folha corrida, Xico Sá registra reportagens memoráveis como a descoberta do "homem gabiru", as revelações do relacionamento entre empresas e campanhas eleitorais e a melhor cobertura realizada em torno das peripécias de PC Farias.

No evento, o procurador da República no Distrito Federal, Luiz Francisco, deverá discutir "O controle social sobre o Estado". Assim como Luiz Francisco representa a face rebelde mais eficiente do Ministério Público, Xico Sá projeta-se como um jornalista que, mesmo passando pelas principais empresas jornalísticas brasileiras, nunca se deixou impregnar pelo viés tecno-mecânico das redações.

A jornalista Beth Costa debaterá sobre "Ministério Público e Imprensa: democracia nos meios de comunicação e cidadania". Beth Costa é jornalista contratada da TV Globo e presidente da Fenaj - Federação Nacional dos Jornalistas.

O diretor da Fundação, Luis Scaloppe, acredita que o encontro será uma excelente oportunidade de discutir os problemas que surgem no cotidiano das duas categorias. "Temos uma grande expectativa de estar contribuindo para melhorar o relacionamento profissional de procuradores, promotores e jornalistas", avalia. Regina Deliberai, presidente do Sindicato dos Jornalistas, considera que as questões éticas deverão pautar a maior parte das discussões. "É uma oportunidade para refletir sobre o papel social do jornalista e do MP".

As vagas são limitadas para 90 participantes. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas com antecedência. Para outras informações, é preciso ligar para (65) 623-7729/ 623-7807 /624-1507 ou 623-5669. Quem preferir, pode requisitar informações pelos endereços eletrônicos: funesmip@terra.com.br ou sindjmt@terra.com.br.

Revista Consultor Jurídico, 26 de junho de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/07/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.