Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Coluna do Rio

STF arbitra maior indenização da Justiça brasileira por agressão

Por 

A maior indenização por agressão já arbitrada na Justiça brasileira foi

fixada pelo Supremo Tribunal Federal. O empresário Bruno Meyer de Sá foi condenado a pagar R$ 1,2 milhão ao corretor Luís Felipe Maciel. O motivo foi o espancamento em frente a uma boate no Rio, em 1995.

O agressor também pegou quatro anos e meio de prisão pela

violência. Ele estaria refugiado em Miami.

Teatro sobre LRF

A nova Lei de Responsabilidade Fiscal, que pode levar à cadeia

governadores e prefeitos que gastar mais do que podem, vai virar peça de teatro. O Tribunal de Contas do Estado do Rio está montando um teatro itinerante para percorrer os municípios fluminenses. A idéia é esclarecer as pessoas sobre a lei.

Vítimas da TAM

Famílias de vítimas do acidente com o avião da TAM que caiu em São Paulo, em 1966, entraram com ação na Justiça de Miami. São nove processos contra a Northop Grumman Corp, fabricante do reversor de propulsão do avião , a TAM Airlines e a Fokker.

Jeffrey Helman, advogado contratado pelas famílias, em Miami, está

pedindo mais de US$ 1 milhão de indenização para cada um de seus clientes. O valor não abrange as indenizações por perdas e danos.

Prisão confirmada

O ex-cônsul de Israel no Rio, Arie Scher, acusado de pedofilia e exploração de menores, teve sua prisão preventiva confirmada pelo STJ. Para não ser preso, ano passado, ele fugiu para seu país.

 é editor da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro

Revista Consultor Jurídico, 21 de junho de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 29/06/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.