Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Imóvel de menor

Pai precisa provar vantagem para vender bem de menor de idade

Para vender qualquer bem de um menor de idade, os pais ou responsáveis precisam provar à Justiça a vantagem econômica da negociação. O entendimento é da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Alçada de Minas Gerais, que negou apelação interposta por um pai que queria vender imóvel de propriedade de seus cinco filhos menores.

No recurso, o pai alega estar impedido de exercer plenamente o seu pátrio poder, já que o imóvel de propriedade de seus filhos está causando constantes prejuízos. Segundo o pai, os últimos inquilinos moraram 15 meses no imóvel sem pagar aluguel. Ele disse que sempre que o apartamento é desocupado são necessárias novas reformas para outro aluguel.

Para o relator da apelação, juiz Nepomuceno Silva, o pátrio poder é exercido quando se defende o patrimônio dos filhos. Segundo o juiz, o pai "deveria cuidar para que o imóvel não fosse locado por pessoas desprovidas de recursos." Ele acrescenta que "o que houve - e há - é uma inconteste negligência, inclusive quanto aos prejuízos anteriores, o que não justifica, sob qualquer ângulo, a intencionada alienação.

"Através dos anexos fotográficos, não vejo prejuízo de monta que caracterize a real necessidade da venda do imóvel. Dessa forma, "não ficou demonstrada a necessidade ou a vantagem econômica a ser auferida com a venda do apartamento".

Revista Consultor Jurídico, 19 de junho de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 27/06/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.