Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Coluna do Rio

Família de Vinícius de Moraes ganha indenização de R$ 180 mil

Por 

Os herdeiros do poeta Vinícius de Morais conquistaram uma vitória na 30ª Vara Cível do Rio de Janeiro. O juiz Arthur Magalhães condenou a Editora Três por ter publicado a biografia do poeta, sem autorização da família, no ano passado. A indenização por danos morais e uso indevido da imagem foi fixada em R$ 180 mil.

Luxemburgo x ACM

O técnico do Corinthians Wanderley Luxemburgo entrará na Justiça, nesta segunda-feira (18/6), com ação contra o ex-senador Antonio Carlos Magalhães por injúria e difamação. Segundo seu advogado, ACM afirmou, em entrevista à Marília Gabriela, que embora o ex-treinador da seleção fosse um técnico razoável, era um cidadão desclassificado fora de campo.

Explicações da Petrobrás

O presidente da Petrobrás Henry Reichstul recebe, nesta segunda-feira (18/6), a visita de um oficial de Justiça. Motivo: será intimado a depor na quinta-feira (21/6), na CPI da Assembléia Legislativa do Rio, que investiga o afundamento da P-36.

Membros da Comissão reclamam que ele se nega a entregar relatórios técnicos solicitados sobre o caso. E mais: faltou à audiência em que seria ouvido pela primeira vez , no último dia 7. Agora pedirão sua prisão se a desfeita se repetir.

Limpeza do país

O movimento cível "Mãos limpas", foi formado no Rio de Janeiro. Como no similar italiano, o grupo tem atualmente 120 integrantes e se reúne no Clube de Engenharia. O próximo encontro será na terça-feira (18/6), às 19 horas.

Entre os cidadãos envolvidos há militares, profissionais liberais e

donas de casa. Os organizadores estão festejando a entrada de um

gari, que será usado como símbolo do cidadão comum que sonha limpar a corrupção do país.

Homenagem aos gigantes

A próxima edição da revista "Punto Com" será dedicada aos 14 gigantes empresariais da América Latina. Por ordem de riqueza pessoal, o primeiro é o mexicano Carlos Slim, dono de jornais, emissoras de rádio e TV. Em 2º lugar, Roberto Marinho, em 3º

o venezuelano Gustavo Cisneiro e em 4º, o banqueiro Aloísio Faria (Banco Alpha). Antonio Ermírio de Moraes, acabou ficando em 8º lugar.

Briga por dinheiro

Estudos da empresa H2R Pesquisas Avançadas para a publicação "Meu Dinheiro" revela que 33% dos casais brasileiros brigam eventualmente por causa de dinheiro e somente 7,5% discutem sempre pelo mesmo motivo. Gastar demais é a principal causa de brigas de 50% dos casais das classes A e B. Nas classes C e D, a falta de dinheiro é o principal motivo dos desentendimentos para 50% dos casais.

 é editor da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro

Revista Consultor Jurídico, 18 de junho de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/06/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.