Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Reações

Leitores opinam sobre ameaça de morte aos ministros do STF

A redação da Revista Consultor Jurídico recebeu várias mensagens com as reações dos leitores sobre a notícia de que um bacharel paulista ameaçou de morte os ministros do Supremo Tribunal Federal. Segundo a notícia publicada, com exclusividade, pela Revista Consultor Jurídico, o bacharel estava inconformado com a decisão do STF, de avalizar o Plano de Racionamento, e enviou mensagem ao tribunal jurando de morte os ministros que votaram a favor da MP. Veja a notícia.

De acordo com o advogado de Blumenau (SC), Herculano Domício Martins, o bacharel não entendeu nada daquilo em que se graduou. "Ele como um operador do Direito, com persistência e principalmente inteligência, deveria lutar com todas as forças e conhecimentos para reverter o que considera inominável por parte do Supremo", afirmou.

Ele disse que o bacharel "pretende com o gesto unilateral,

a notoriedade juvenil pela negação de tudo que é possível no direito, na democracia, num estado de direito, no da liberdade, do contraditório e do que se convenciona de Jurisdição".

Gustavo Mariano Constante Puget, que também assinou como "um cidadão de saco cheio", disse que seria uma honra ter seu nome ao lado do bacharel. "Ele falou por mim e por muitos cidadãos", afirmou.

Outro leitor da Revista Consultor Jurídico disse que pretendia compartilhar a indignação, revolta e frustração que a sociedade sentiu com o posicionamento do Supremo. Por isso, repassou a notícia para outras pessoas pela Internet. Mas deixou claro que é contra a ameaça aos ministros feita pelo bacharel.

Revista Consultor Jurídico, 11 de julho de 2001, 17h46

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/07/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.