Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Governador é processado

Agência processa Garotinho por calúnia e difamação

O governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho está sendo processado por calúnia e difamação pela agência Riosul Assessoria e Publicidade. A agência ingressou no Superior Tribunal de Justiça contra o governador.

A empresa já move outra ação na Justiça do Rio de Janeiro contra o Estado pelo tempo em que o governo estadual teria ocupado um terreno de sua propriedade. O terreno foi devolvido à empresa pela Justiça, mas ainda corre o processo de execução pelo período de ocupação. Os cálculos da indenização alcançam cerca de R$ 100 milhões.

O valor da indenização a que o Estado foi condenado teria sido criticado pelo governador. "Como é que a Justiça manda cobrar R$ 100 milhões por um terreno que vale R$ 1,5 milhão? Isso é corriola, isso é safadeza", disse o governador em entrevistas para imprensa local.

Em outros trechos da entrevista, o governador teria afirmado: "Como um perito pode chegar a essa indenização pela ocupação de um terreno que vale R$ 1,5 milhão e foi devolvido? Isso está me cheirando mal".

A agência quer enviar as peças do processo para o Ministério Público para que se "apure improbidade administrativa" do governador.

A Sexta Turma será responsável pela análise da ação, tendo como relator o ministro Fontes de Alencar.

Processo: PET 1358

Revista Consultor Jurídico, 29 de janeiro de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/02/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.