Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Compra de votos

PF deve ouvir governador do Amazonas sobre venda de votos

O governador do Amazonas, Amazonino Mendes (PFL), e a deputada federal Zila Bezerra (PFL-AC) serão intimados pela Polícia Federal a depor no inquérito sobre o escândalo da compra de votos para aprovar emenda que permitiu a reeleição do presidente Fernando Henrique Cardoso, em 1997.

O inquérito foi reaberto no dia 11/1 a pedido do Ministério Público Federal, representado pelo procurador da República no Acre, Marcus Vinicius Aguiar Macedo.

Na lista dos que devem também prestar depoimento sobre o caso estão o ex-governador do Acre, Orleir Cameli, seu irmão Eládio Messias Cameli, o empresário Narciso Mendes de Assis, além dos ex-deputados federais, Osmir Lima (PFL), João Maia (ex-PFL), Ronivon Santiago (ex-PFL) e Chicão Brígido (PMDB).

Em fita gravada e divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo, os ex-parlamentares foram acusados de vender cada voto por R$ 200 mil. Na fita, Ronivon Santiago diz que Amazonino e Cameli são os supostos compradores.

As informações são do Diário On Line.

Revista Consultor Jurídico, 19 de janeiro de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 27/01/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.