Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Coluna do Rio

Justiça do Rio obriga CBF a pagar R$ 1,2 milhão a Pelé

Por 

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) será obrigada a pagar R$ 1,2 milhão para Pelé, em 24 horas. Está terminada a novela do álbum de figurinhas dos heróis do tri campeonato, lançado em 1988, sem autorização do craque.

A decisão é da juíza da 6ª Vara Cível do Rio de Janeiro. O oficial de Justiça entregará a citação da juíza, nesta quarta-feira (17/01), para a CBF.

Privatizações no Rio

O deputado Jamil Haddad pedirá, na reabertura dos trabalhos da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), uma CPI para investigar todas as privatizações de empresas sediadas no Estado.

A decisão do deputado ocorreu depois de ser informado por dirigentes sindicais que a Light já demitiu mais cinco mil trabalhadores, tem importado mão de obra de engenheiros da França e feito sub contratos que não cumprem obrigações trabalhistas.

Batata quente

Não será surpresa se o polêmico "X" da Petrobrás acabar indo parar no Congresso. O presidente do Tribunal de Contas da União, Humberto Souto, está inclinado a remeter o pepino para as mãos dos parlamentares.

Construtoras em alta

As construtoras do Rio começam a receber reforços de grupos estrangeiros. No ano passado tiveram redução no número de falências de 56%.

O grupo espanhol Bragatos, que tem entre seus controladores o banco Santader, associou-se a 9ª maior empresa do ranking de construtoras do país. A Via Engenharia injetou 38 milhões de dólares no negócio.

PFL quer incomodar

As lideranças do PFL na Câmara Municipal já estão se preparando para enfrentar juridicamente o prefeito César Maia. A idéia é incomodar mesmo. Passam a tarde de hoje conversando com o advogado Salles Nobre.

 é editor da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro

Revista Consultor Jurídico, 17 de janeiro de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/01/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.