Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Coluna do Rio

São Januário não pode ser penhorado para indenizar vítimas

Por 

As vítimas do acidente ocorrido na final da Copa João Havelange, que entraram na Justiça contra o Vasco, não poderão pedir a penhora de São Januário para conseguir indenização.

O estádio está bloqueado porque faz parte do processo que a Portuguesa de Desportos move contra o Clube, no qual exige o pagamento de US$ 4 milhões referentes ao passe do atacante Dener, falecido em maio de 1994, quando estava emprestada a agremiação carioca.

Quem defende o Vasco nesta batalha judicial contra a Portuguesa é o escritório de advocacia da família Zveiter.

Fim da cela especial

O senador Roberto Freira(PPS-PE), está indignado com os privilégios da prisão especial para o juiz Nicolau-Lalau. O presidente do PPS levanta a tese de que o conceito de "prisão especial" deveria ser sido abolido há algum tempo.

"Quem estudou, teve condições favoráveis na vida, tem muito menos razão para cometer o crime do que quem nasceu sem essa vantagem. Além disso, se a burguesia brasileira fosse obrigada a freqüentar as

nossas prisões, rapidinho, seria levantada uma campanha pela melhoria das instituições carcerárias".

Melhorias para advogados

A criação do Banco do Advogado, favorecendo os cerca de 90 mil profissionais existentes no Estado do Rio, será um dos temas prioritários na gestão do novo presidente a OAB, Octávio Gomes.

O banco deve funcionar como uma cooperativa de crédito, para financiar a criação de escritórios para a categoria e também para eliminar pendências pessoais cobrando juros médios de 4%.

Segurança

Os ex-pilotos Nelson Piquet e Paulo Judice inauguram, na Barra, a primeira loja de automóveis blindados multimarcas, NPJ.

O comprador não precisará esperar pela execução da blindagem. Bastará entrar no carro e sair para a selva urbana, pronto para o que der e vier.

 é editor da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro

Revista Consultor Jurídico, 8 de janeiro de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/01/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.