Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Rescaldo de São Januário

Justiça determina apreensão de renda da final da Copa JH

O juiz da 11ª Vara Cível do Rio, Moisés Cohen, determinou a apreensão de toda a renda do jogo Vasco x São Caetano, no Rio de Janeiro.

A liminar foi concedida em ação impetrada pelos torcedores João Batista de Sá e seu filho João Vítor de Sá. Eles foram feridos na queda do alambrado no Estádio de São Januário, sábado (30/12), durante a decisão da Copa João Havelange.

Cohen deu um prazo de 48 horas para que a renda seja depositada na conta da Justiça. Caso não aconteça o depósito, o Vasco receberá multa diária de R$ 15 mil.

O juiz também interditou o estádio até que a Defesa Civil ou o Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) apresentem laudos com garantias de normalidade no local.

Segundo o advogado dos dois torcedores, Jorge Beja, o Vasco está impossibilitado de disputar jogos e de realizar treinos em São Januário até segunda ordem.

Revista Consultor Jurídico, 4 de janeiro de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/01/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.