Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cola falsificada

Cola falsificada gerou prejuízo de 15 milhões aos cofres públicos

A Receita Federal deixou de arrecadar cerca de R$ 15 milhões em impostos devido à falsificação da cola "Super Bonder". O prejuízo aos cofres públicos pode chegar a R$ 20,5 milhões em 2001, segundo notícia divulgada no jornal Gazeta Mercantil.

A pirataria do produto foi descoberta no ano passado. Uma carga apreendida em Santos (São Paulo) continha cerca de um milhão de unidades falsificadas. O produto veio de Hong Kong.

Desde a descoberta foram instaurados 31 inquéritos policiais, dos quais alguns se tornaram processos criminais em todo país. Até agora foram presas 22 pessoas. Também existe uma ação contra a Acemark, trade chinesa que vendia os produtos piratas.

Foram identificadas quatro fábricas no sul da China que falsificavam a cola. O produto pirata se infiltra pelos portos de Santos, Paranaguá (PR) e Cidade Del Leste (Paraguai). Depois se prolifera no comércio ambulante de todo país.

Revista Consultor Jurídico, 2 de janeiro de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 10/01/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.