Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tráfico de drogas

Mulher de Beira Mar assume seu lugar no tráfico e é presa

A mulher de Fernandinho Beira Mar, Jackeline Alcântara de Morais, foi presa em uma operação realizada em Barranco de Minas, na região colombiana de Guaianía, quando foram detidas 22 pessoas e destruídos 11 laboratórios para a fabricação de cocaína.

Entre os presos havia sete traficantes brasileiros. A mulher de Fernandinho Beira Mar estaria ocupando seu lugar nas negociações do tráfico, segundo o jornal El Tiempo, de Bogotá.

A operação envolveu pelo menos três mil homens do Exército e da Marinha. Segundo fontes militares, os brasileiros presos na chamada operação 'Gato Negro' faziam parte da mais importante quadrilha de traficantes do Brasil, que negociava armas com a Frente 16 das Farc, em troca de cocaína.

O chefe guerrilheiro Tomás Medina Caracas, conhecido como 'El negro Acacio', escapou da operação.

Segundo o comandante da operação, general Arcesio Barrero, os presos eram os encarregados de comercializar a droga com 'Negro Acacio'.

No dia 7 de janeiro passado, as autoridades informaram sobre a derrubada de um avião, em território colombiano, em que supostamente viajavam 'Fernandinho Beira-Mar' e 'Negro Acacio'. A notícia, no entanto, nunca foi confirmada.

Revista Consultor Jurídico, 20 de fevereiro de 2001, 14h59

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/02/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.